quarta-feira, 20 de agosto de 2008

:: It's business time, baby ::

*por Francine Micheli

Se tem uma coisa boa nessa vida é gente que sabe fazer os outros rirem. Não os que tentam, porque esses são os mais malas e geralmente acabam no limbo do esquecimento com o imperdoável passar dos anos. Fazer rir é talento, ninguém aprende a ser engraçado.

E, foi pensando nisso que eu resolvi citar (porque muitos já devem ser fã) uma dupla kiwi que já é famosa por todo-quase-mundo - já que eles têm um seriado homônimo na HBO e ganharam inúmeros prêmios pelo choubiznes afora.


Flight of the Conchords é uma dulpa formada pelos ex-flatmates Bret McKenzie e Jemaine Clement que se conheceram enquanto cursavam Cinema e Teatro na Victoria University em Wellington - a capital neozelandesa. Assim que os dois juntaram suas escovas de dente, também juntaram suas idéias non-sense com um tanto de poder de observação, criatividade, bom gosto musical e mais um punhado de falta de propósito na vida.

Foi que foi que, por entre os perrengues da vida de estudante, surgiu a dupla como uma brincadeira de faculdade e desde 1998 eles se dedicam a rir da cara dos outros e, por consequência, fazem os outros rirem (deliciosamente) também.

No entanto, como não conheço o seriado e tampouco a extensa lista de premiações dos moços - sei que ganharam o Grammy esse ano por melhor álbum de comédia - vou me restringir a indicar o último cd dos caras, que leva o mesmo nome da banda.

Primeiro, não foi fácil achar essa porra pra download. Segundo, valeu a pena quase um mês procurando. Eu poderia dizer que é um daqueles discos que você escuta por semanas seguidas e consegue soltar gargalhadas em todas as faixas, seja pelas frases de efeito (oh my God/ she's so hot/ she's like a curry), pela sensualidade de cantores de churrascaria presente em todos os vocais, pelas ótimas tentativas de agudos-a-la-Mariah-Carrey ou pelas impagáveis paródias do mundo artístico.

Por um lado, se as letras fazem sua barriga doer de tanto rir, os arranjos vão fazer seu queixo cair e vão te lembrar coisas como Jamiroquai, Jack Johnson, Neil Young ou Trio Los Del Rio, dependendo da música.

É o tipo de coisa que só ouvindo mesmo. E, cuidado, Flight of the Conchords é extremamente viciante, gruda na cabeça e é certo que você vai começar a rezar todas as noites para que o novo cd da dupla saia logo. E vai rezar pra santo que você nem conhece.

No mais, McKenzie e Clement são caras bacanas, apesar de sexualmente repelentes - e fazerem disso um ponto mais que positivo - são originalmente talentosos e muito, muito bons artistas.
E eu duvido que eles aprenderam tudo isso na faculdade.




1. "Foux du Fafa"
2. "Inner City Pressure"
3."Hiphopopotamus vs. Rhymenoceros"
4."Think About It"
5."Ladies of the World"
6. "Mutha'uckas"
7."The Prince of Parties"
8. "Leggy Blonde (feat. Rhys Darby)"
9."Robots"
10. "Boom"
11. "A Kiss Is Not a Contract"
12. "The Most Beautiful Girl (in the Room)"
13. "Business Time"
14. "Bowie"
15. "Au Revoir" - 0:22

Um comentário:

Ronald Rios disse...

tenho várias coisas do Flight e queria compartilhar com o blog. Tenho mp3 de show da HBO, mp3 de áudio do programa, do programa da BBC, do EP deles, enfim... querem os links em que servidor?