quarta-feira, 3 de setembro de 2008

:: Super Furry Animals ::

SUPER FURRY ANIMALS,
Guerrilla


ROCK ALUCINADO SEM MEIAS-PALAVRAS
por JOSÉ FLÁVIO JR

O Super Furry Animals é a banda mais lisérgica do rock contemporâneo. Gruff Rhys, Dafydd Ieuan, Guto Pryce, Huw Bunfond e Cian Ciarán (nominhos bastante comuns, não é?) usam LSD, sim, fumam maconha, sim, e tomam chá de cogumelo, sim. O terceiro disco da banda, sucessor do ótimo Radiator (1996), reforça todo o amor que os integrantes cultivam pelo lado viajandão da vida. As letras de Guerrilla vão da filosofia nonsense de "Some Things Come From Nothing" ("Albumas coisas vêm do nada / nada parece vir de alguma coisa") ao tatibitati pra lá de pueril de "Chewing Chewing Gum" ("Não masque chiclé na cama / você pode acordar com ele preso no cabelo"). Quem conseguir sacar os trocadilhos em inglês terá prazer ainda maior. Em "Do Or Die", Gruff canta: "I am free / you are four / let's take a five". "Northern LItes", primeiro single do álbum, e "The Teacher" são as músicas mais grudentas - e são, justamente, as que têm letras menos viajandonas. O som continua parecendo com tudo e nada ao mesmo tempo. Você ouve e diz: "Isso é Pink Floyd, agora ficou com a cara do Blur, tem toques de Buzzcocks, pianinho à Dave Brubeck, lances eletrônicos, algum ritmo caribenho..." Dá pra dizer qualquer coisa a respeito do Super Furry Animals, menos que essa rapaziada não tem criatividade. Cogumelo neles!

DOWNLOAD (192 kps - 62 MB - 14 músicas):
http://www.mediafire.com/?qmc1p1p80wg

Um comentário:

Fran disse...

OUVI E ADOREI!!!!
Muito diferente o som dos caras!
valeu a dica!